fbpx

Follow us on social

BitClub

Três operadores do esquema ponzi BitClub Network são presos nos EUA

Compartilhe com seus amigos

Suspeitos roubaram US$722 milhões de investidores.

 

Separador de texto - Bitcoin.

 

O departamento de justiça dos Estados Unidos comunicou nesta semana a prisão de três supostos golpistas ligados a rede BitClub Network,um pool de mineração. Os suspeitos são acusados de roubarem US$722 milhões.

De acordo com o comunicado, Matthew, Brent Goettsche e Jobadiah Sinclair Weeks são indiciados por conspiração para cometer fraudes eletrônicas.

Separador de texto - Bitcoin.

Goettsche, Weeks e Joseph Frank Abel também são acusados por oferecerem e venderem valores mobiliários não registrados. Dois outros réus não identificados permanecem em liberdade.

“Os presos são acusados ​​de implantar táticas elaboradas para atrair milhares de vítimas com promessas de grandes retornos sobre seus investimentos em um pool de mineração de bitcoin, um método avançado de lucrar com criptomoedas”, disse Paul Delacourt, diretor assistente do escritório do FBI em Los Angeles.

Separador de texto - Bitcoin.

Delacourt afirmou que os acusados ganharam centenas de milhões de dólares recrutando novos investidores de todo o mundo, ao longo de vários anos, e gastando o dinheiro das vítimas “generosamente”.

John R. Tafur, agente responsável pela divisão de investigação criminal IRS, disse que foi uma clássica jogada de trapaceiros virtuais, “promessas falsas de grandes retornos para investir na mineração de Bitcoin.

Separador de texto - BitClub.

O golpe

Os golpistas criaram números falsos para simular ganhos da BitClub aos seus investidores entre abril de 2014 e dezembro de 2019.

Segundo o comunicado encaminhado a imprensa, “[…] os réus operaram o BitClub Network, um esquema fraudulento que solicitava dinheiro de investidores em troca de ações dos supostos pools de mineração de criptomoedas e recompensavam investidores por recrutar novos investidores.

Separador de texto - BitClub.

Goettsche, Weeks e outros conspiraram para solicitar investimentos na BitClub Network, fornecendo números falsos e enganosos que disseram aos investidores do BitClub que eram “ganhos de mineração de bitcoin”, supostamente gerados pelo pool de mineração de bitcoin da BitClub Network’’.

Os suspeitos podem receber uma pena máxima de 20 anos de prisão e uma multa de até US$250.000 por fraude eletrônica. Além disso poderão receber outra pena máxima de 5 anos e uma multa de até US$250.000 por venderem valores mobiliários não registrados.

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.


Compartilhe com seus amigos
About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil. Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração. Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.