fbpx

Follow us on social

Tesla

Tesla conclui teste de aplicativo baseado na blockchain para acelerar a liberação de cargas na China

A fabricante de carros elétricos dos EUA está trabalhando com o Shanghai Port Group para testar a blockchain no processo de importação da China. 

 

Separador de texto - Bitcoin.

 

A CargoSmart, empresa especializada em tecnologia de gerenciamento de remessas, realizou um projeto piloto para testar um aplicativo de liberação de carga baseado na tecnologia blockchain. A operação é feita em parceria com a Cosco Shipping Lines (COSCO), operadora chinesa de navios cargueiros, o Shanghai International Port Group (SIPG), único operador do porto, e a Tesla, fabricante americana de carros. 

O aplicativo conseguiu reduzir significativamente o tempo de liberação de carga, facilitando o controle do processo de descarregamento das mercadorias para as equipes de logística da Tesla.

O piloto não apenas demonstrou os benefícios de ter uma única fonte confiável de verdade na documentação da carga, mas também os ganhos de eficiência para os participantes do setor. Sem dúvida, esse aplicativo acelerará a digitalização dos processos da indústria de remessas e a otimização adicional das cadeias de suprimentos globais”, destacou o anúncio feito pela CargoSmart. 

Separador de texto - Tesla - blockchain.

O teste inicial, realizado em dezembro de 2019, utilizou a blockchain para compartilhar dados e documentações relevantes da remessa entre as partes interessadas. A tecnologia simplificou todo o processo e ajudou a Tesla a “acelerar seus procedimentos de retirada de carga em uma plataforma confiável e segura”, informou a CargoSmart. 

Segundo a empresa, “o projeto piloto foi desenvolvido para minimizar as etapas de verificação de consignatários e agentes de expedição com seus transportadores oceânicos, a fim de acelerar a liberação de cargas marítimas. Como resultado, os caminhoneiros são capazes de pegar sua carga no terminal mais rapidamente, ajudando os transportadores a atender as janelas de entrega e garantir que a qualidade do serviço e os compromissos dos clientes sejam cumpridos”.

Separador de texto - Tesla - blockchain.

Como funciona a liberação de carga

No momento, para que uma carga seja liberada, é necessário um documento semelhante a um recibo para verificar as mercadorias.

Caso esse “recibo” seja perdido ou corrompido, as mercadorias podem ser barradas. Isso resulta em um atraso em todas as cadeias de suprimentos e pode até gerar multas pesadas.

Separador de texto - Bitcoin.

Ainda não está claro se a Tesla tem planos de continuar utilizando a tecnologia blockchain para importar seus produtos.

A CargoSmart informou que testará o aplicativo baseado na blockchain em outros portos asiáticos, incluindo Qingdao na China, e Laem Chabang, na Tailândia.

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.

About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil. Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração. Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.

Post a Comment

You don't have permission to register