fbpx

Follow us on social

blockchain - China

Startups de blockchain da China receberam US$3,5 bilhões em investimento no ano de 2019

Compartilhe com seus amigos

De acordo com um relatório da Xinhua Finance e da Rhina Data, as startups chinesas de blockchain realizaram 245 acordos de investimento e financiamento em 2019. 

 

Separador de texto - Bitcoin.

 

Uma relatório produzido pela Rhino Data junto com a Xinhua Finance, agência de notícias oficial do governo da China, revelou que as startups chinesas de blockchain realizaram 245 acordos de investimento e financiamento em 2019. 

Esses acordos totalizam uma soma de US$3,5 bilhões em capital, o que é supostamente 50% menor do que o montante investido em 2018, embora seja significativamente maior do que 2017, de acordo com o Decrypt. 

Entre as áreas da tecnologia que tiveram mais investimentos estão: notícias sobre blockchain, informações sobre o mercado, exchanges e DeFi.

As empresas que tiveram mais financiamento são as exchanges de criptomoedas (incluindo a Bitfinex), mineração (Canaan) e as plataformas de financiamento coletivo baseada em blockchain.

Separador de texto - Bitcoin.

Uma parte do relatório afirma que o “Entusiasmo financeiro no setor de blockchain aumentou de outubro a dezembro”. 

Isso porque no final de outubro de 2019, o presidente da China, Xi Jinping, pediu que o país acelerasse o desenvolvimento e a adoção da tecnologia blockchain, devido à sua importância nessa “nova rodada de inovação tecnológica e transformação industrial”.

A blockchain é tão importante que algumas das maiores empresas e organizações do país, incluindo o Bank of China, a operadora TikTok ByteDance e Baidu lançaram iniciativas que envolvem essa tecnologia.

Separador de texto - Bitcoin.

Crunchbase 

Dados da Crunchbase, publicados no final do terceiro trimestre de 2019 mostraram que o volume de “eventos de financiamento privado e ICOs envolvendo empresas de blockchain e criptomoeda”, caiu de US$12,8 bilhões em 2018, para US$3,38 bilhões em 2019 (até 30 de agosto). 

No entanto, não está claro se a Crunchbase teve acesso a todos os dados chineses, já que o financiamento total do do primeiro ao terceiro trimestre de 2019 foi de US$3,38 bilhões, o que é quase o mesmo que apenas as startups chinesas de blockchain receberam em financiamento durante o ano inteiro.  

Independente isso, esses valores mostram que as empresas chinesas de blockchain tiveram um bom resultado em comparação com outros países.

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.


Compartilhe com seus amigos
About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil. Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração. Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.