fbpx

Follow us on social

blockchain

Banco Central, CVM e Susep utilizarão plataforma de blockchain para troca de informações

Nesta quarta-feira (1), o Banco Central do Brasil, junto com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a Superintendência de Seguros Privados (Susep), anunciaram o lançamento da PIER (Plataforma de Integração de Informações das Entidades Reguladoras) uma solução baseada na blockchain que será utilizada para o intercâmbio de informações entre os três órgãos reguladores, intitulada.

“A plataforma contribuirá, sensivelmente, para que a atuação individual ou coordenada dos reguladores envolvidos seja cada vez mais efetiva. Trata-se, portanto, de genuíno ganha-ganha” – afirmou Alexandre Pinheiro, Superintendente Geral da CVM e administrador do convênio com o Banco Central do Brasil.

Separador de texto - Bitcoin.

Com o uso da tecnologia blockchain, a PIER diminuirá custos de observância dos participantes do mercado e fortalecerá procedimentos de supervisão e investigação.

“Evitamos redundâncias desnecessárias em pedidos de informação a regulados em comum, a partir do momento em que as instituições possuem acesso à mesma base de dados. Assim, desburocratizamos e aceleramos a obtenção de informações”, destacou Daniel Maeda, Superintendente de Relações com Investidores Institucionais da CVM.

Separador de texto - Bitcoin.

Frederico Shu, Analista do Centro de Desenvolvimento em Ciência de Dados da CVM, declarou:

“A PIER torna mais amplo, seguro e direto o acesso às informações dos participantes regulados por essas instituições, fortalecendo e desburocratizando as tarefas de supervisão, investigação e apuração de irregularidades na esfera de cada um.”

Separador de texto - PIER - blockchain.

Como funcionará a plataforma

A plataforma baseada na tecnologia blockchain vai interagir com diversos sistemas de informações das três instituições reguladoras, contemplando um vasto banco de dados integrado com informações de sobre:

Processos e inquéritos; 

Situação do registro de regulados e indisponibilidade de bens; 

Registro de participantes e seus administradores;

Informações curriculares de administradores; 

Controle e participação societária de regulados e seus administradores.

Separador de texto - PIER - blockchain.

De acordo com a CVM, o usuário deverá realizar o login, selecionar o tema que deseja ter informações, inserir o CPF ou CNPJ do regulador e selecionar a instituição para a qual a consulta será direcionada. Feito isso, será apresentado o rol de informações disponíveis sobre o regulado.

“A plataforma possui flexibilidade para o usuário, que poderá realizar consultas com mais de um tema simultaneamente. A pesquisa ainda pode ser direcionada a um único órgão ou a todos eles. São muitas possibilidades de trabalho com os conjuntos de dados existentes e tudo vai depender das necessidades do usuário”, informou Frederico Faria, analista da Gerência de Sistemas (GSI/STI) da CVM.

Separador de texto - PIER - blockchain.

Como será na prática

A CVM citou um exemplo de como a plataforma funcionará: 

“A CVM está realizando uma investigação sobre um regulado. Ao digitar o CPF dele e selecionar o tema relacionado à atividade sancionadora, a área técnica da Autarquia poderá verificar se esse regulado também figura em processos (concluídos ou em andamento) similares em outra instituição, obtendo mais informações sobre as análises lá existentes e enriquecendo sua investigação.”

A PIER tornará o acesso às informações mais rápido, seguro e prático, pois o que antes demandava muitos pedidos e autorizações por meios tradicionais ou e-mail agora será automatizado e com dados sempre atualizados. 

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.

About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil. Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração. Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.

Post a Comment

You don't have permission to register