fbpx

Follow us on social

Bytom Dev Conference 2019

Bytom realiza com sucesso a Global Dev Conference 2019, em São Francisco

Compartilhe com seus amigos

A Bytom DevCon 2019 foi realizada com sucesso em Fort Mason, São Francisco, no dia 24 de agosto. Mais de 50 equipes dos EUA, Rússia, Índia, Bélgica, Brasil, Nigéria e China inscreveram-se no desafio de desenvolvimento de 2019, e seis equipes vencedoras mostraram suas demos na conferência. 

A equipe Paypaw, do Canadá, que desenvolveu um sistema de micropagamento em BTM, ganhou o primeiro prêmio e recebeu o equivalente a US$ 30.000 em tokens BTM.

Esta é a segunda DevCon da Bytom; a primeira foi realizada no ano passado, na China. A Bytom DevCon 2019 convidou muitos palestrantes da indústria blockchain, incluindo Darin Kotalik, Diretor da ETC Labs; Naveed Ihsanullah, Diretor de Engenharia da Algorand; Nick White, cofundador da Harmony; Mo Dong, cofundador da Celer Network; Daniel Yan, sócio-fundador da Matrixport; Zera Alexander, Vice-Presidente de Engenharia da Reserve, e muitos outros. Eles discutiram questões que vão desde blockchains públicas e investimentos até ativos digitais.

Atualizações da Bytom e da Bystack

Em suas considerações iniciais, Duan Xinxing, fundador e Diretor Executivo da Bytom, mencionou o motivo do lançamento da Bytom. Duan desejava criar uma internet de ativos digitais que desse suporte a vários ativos e à economia programável. Duan também compartilhou o recente lançamento da Bytom, a Bystack, uma plataforma de serviços blockchain com um modelo de cadeia principal e sidechain

Uma sidechain foi criada para o serviço de staking, que já conta com 42 parceiros. Eles também tentam criar kits de ferramentas mais personalizados, integrando-os à estrutura da Bystack para os aplicativos corporativos nas sidechains.

O Vice-Presidente de Engenharia da Bytom James Zhu declarou que a Bytom lançará o roadmap da Bystack em um futuro próximo. A Bytack lançará um centro de desenvolvimento e um sistema de identificação descentralizado. Enquanto isso, a Bystack manterá a iteração, e lançará a BBFT 2.0 e a Bytom 1.2. Também serão lançados o Open Federation Management Framework, o Dapp Dev Framework e a Descentralized Personal Credit Solution.

O apresentador da BBFT Wei Wang ilustrou o alto desempenho da sidechain da Bystack. Utilizando o algoritmo de consenso BBFT, o TPS da sidechain pode chegar a 20 mil, e o tempo de confirmação de uma transação leva apenas 0,6 segundos, com uma possibilidade de fork de 0,27%. A combinação de PoW, DPoS e BBFT ajuda Bystack a por fim à teoria do trilema blockchain.

O Diretor de Tecnologia da MATPool Lei Jin discursou sobre mineração como serviço (MaaS). Na qualidade de pool de mineração oficial da Bytom, o MATPool fornece serviços de custódia para os mineradores e automaticamente busca pelos tokens mais rentáveis. O MaaS conectará a demanda à oferta de energia de computação de GPU, resolvendo o problema do isolamento de recursos.

Percepção sobre a indústria blockchain

O cofundador da Celer Network Mo Dong disse em seu discurso que a Celer deseja promover a adoção da blockchain através dos jogos. O aplicativo móvel CelerX já foi lançado, e até mesmo os desenvolvedores que não possuem experiência em desenvolvimento blockchain podem usar o CelerX Gaming SDK para desenvolver jogos HTML 5 facilmente.

Na conferência também houve três painéis de discussão bastante elucidativos. No painel sobre tendências e desafios das blockchains públicas, Darin Kotalik avaliou que a educação é um dos maiores desafios, pois as pessoas precisam ter um entendimento básico da blockchain. 

Ao falar sobre a potencial adoção em massa no futuro, Naveed Ihsanullah disse que isso ocorrerá no dia em que diversos produtos forem utilizados sem que a imprescindível tecnologia blockchain subjacente seja reconhecida. Nick White afirmou que acredita que os jogos são um bom ponto de partida para atrair mais usuários, e que a questão da conformidade nos jogos não é tão séria quanto em projetos DeFi.

No painel que discutiu a criação de valor na indústria de ativos digitais, Steven Yang, Gerente de Marketing da Anchain, disse que muitos projetos precisam gradualmente centralizar-se, devido aos requisitos compatíveis com o KYC e à preferência dos usuários.  

O Diretor de Negócios da Infstone Sili Zhao disse que o entendimento de muitas pessoas sobre a blockchain é limitado em relação a serviços bancários, e os especialistas em criptografia e blockchain deveriam explorar mais os casos de uso em outras áreas. Zera Alexander, Vice-Presidente de Engenharia da Reserve, destacou que as stablecoins terão um grande crescimento no futuro, uma vez que ainda não encontraram casos de uso adequados, mesmo com grande capitalização de mercado.

No último painel sobre investimentos, o cofundador da Matrixport Daniel Yan afirmou que Hong Kong e Singapura são os melhores lugares da Ásia para as empresas de criptomoedas. No entanto, Will Wang, Diretor de Investimentos da Ausvic Capital, destacou que a escolha do local deve levar os talentos técnicos em consideração, porém a experiência dos usuários é mais importante do que a tecnologia. 

Cecilia Li, Diretora de Investimentos e de Parcerias da OKcoin, disse que qualquer ativo pode ser tokenizado, mas o ponto chave é saber se o ativo tem demanda e valor intrínseco. TF Guo, fundador da Taxa, deu alguns conselhos a investidores individuais, dizendo que construir e guardar é melhor do que negociar.

Saiba mais sobre a Bytom https://bytom.io/

Siga a Bytom no Twitter –  https://twitter.com/Bytom_Official

Encontre a Bytom no Facebook –  https://www.facebook.com/bytomofficial/

Converse no Telegram –  https://t.me/BytomInternational

Reddit oficial da Bytom https://www.reddit.com/r/BytomBlockchain/

Junte-se à Bytom no Discord https://discordapp.com/invite/U3RSYr5

Leia sobre a Bytom no Medium –  https://medium.com/@cloudmoolah

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.


Compartilhe com seus amigos
About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil.Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração.Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.