fbpx

Follow us on social

Venezuela

Venezuela fecha bancos devido ao avanço do coronavírus

Compartilhe com seus amigos

Pagamentos sem contato são as melhores opções para evitar o contágio. 

 

Separador de texto - Bitcoin.

 

A Superintendência de Instituições do Setor Bancário da Venezuela (Sudeban) determinou a suspensão das atividades bancárias no país. A medida vale para todas as agências e escritórios administrativos que envolvam atendimento direto ao cliente, sem uma data prevista de retorno à normalidade.

Em uma carta endereçada aos bancos do país, Antonio Morales Rodrigues, chefe do Sudeban, disse:

“Estou escrevendo esta carta […] para instruí-los que, a partir de segunda-feira, 16 de março de 2020, todas as atividades que envolvem atenção direta aos clientes, usuários e público em geral por meio de agências, filiais, escritórios e sedes administrativas em todo o país serão indefinidamente suspensas”.

 

 

O anúncio ocorreu logo após o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, declarar na última sexta-feira (13) estado de alerta em razão das primeiras confirmações de coronavírus no país.

“Estamos iniciando uma quarentena coletiva, uma quarentena social”, afirmou Maduro em rede nacional de rádio e TV logo depois de firmar o decreto de alarme.

Rodrigues afirmou que os bancos devem garantir aos clientes uma assistência mínima para o uso de caixas eletrônicos, Internet banking, métodos de pagamentos eletrônicos, pagamentos móveis, transferências e qualquer outro tipo de serviço bancário on-line.

Separador de texto - Bitcoin.

Pagamentos sem contato

Na tentativa de evitar o avanço do coronavírus, os métodos de pagamentos online podem ser a melhor opção para garantir a segurança da população. 

De acordo com uma pesquisa feita por cientistas alemães, o coronavírus pode sobreviver em superfícies de papel, como as cédulas de dinheiro, por 4 ou 5 dias.

Separador de texto - Bitcoin.

O uso de caixas eletrônicos também representa um risco, visto que o vírus pode sobreviver por um período na superfície.

Neste cenário, o ideal é que a população opte por pagamentos à distância, como os pagamentos on-line, transações com criptomoedas e outros métodos semelhantes que evitam o contato direto entre pessoas e superfícies. 

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.


Compartilhe com seus amigos
About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil. Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração. Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.