fbpx

Follow us on social

Pirâmide financeira - fraude - golpes

Pesquisa revela que 11% dos brasileiros já perderam dinheiro com esquemas de investimentos fraudulentos

Compartilhe com seus amigos

55% dos entrevistados foram vítimas de pirâmides financeiras.

 

Separador de texto - Bitcoin.

 

Uma pesquisa intitulada “Fraudes em Investimentos no Brasil” realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e pelo Serviços de Proteção ao Crédito, em parceria com o Sebrae, revelou que 11% dos internautas brasileiros afirmam que já perderam dinheiro em esquemas fraudulentos.

A pesquisa feita com 917 pessoas de diversas classes sociais (A/B/C), com idade igual ou maior a 18 anos, residentes em todas a capitais do país, mostrou que as principais ocorrências de fraudes são relacionadas a pirâmides financeiras (55%). Seguido de golpes de seguradoras que prometiam ao investidor receber uma determinada quantia após efetuar pagamentos de taxas ou despesas (19%).

Já 16% dos golpes aplicados envolviam ações ou fundos antigos de aposentadorias que foram esquecidos, e que também tinham como exigência o pagamentos de taxas ou despesas.

Separador de texto - pirâmide financeira.

José César da Costa, presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, explicou como funcionam esquemas fraudulentos: “Pirâmide financeira, falsos fundos e fraudes envolvendo investimentos sempre começam com a promessa de altos ganhos de dinheiro rápido e fácil”.

Costa afirma que os ganhos costumam ser bem acima da média das aplicações e dos investimentos tradicionais: “Em todos os casos, três fatores costumam andar juntos: o excesso de confiança, a ganância ou a ingenuidade do investidor, aliada à negligência para checar a veracidade das informações, o que acaba facilitando a ação dos fraudadores”, disse o presidente da Confederação.

Separador de texto - Bitcoin.

Sobre a recuperação dos valores

Seis em cada dez pessoas entrevistadas afirmaram não terem conseguido recuperar os valores perdidos com os esquemas. 35% delas afirmam que desistiram de receber. Enquanto 27% acreditam que poderão reaver o valor algum dia. No entanto, 38% dizem que conseguiram receber os valores perdidos, mas 18% resgatou com prejuízo.

Separador de texto - Bitcoin.

Promessas

A pesquisa questionou os entrevistados que foram vítimas dos esquemas sobre o que os levou a aceitar o investimento. Segundo a pesquisa, 44% dos entrevistados afirmaram que foram atraídos pela promessa de altas taxas de rendimentos. Já 36% disseram que foram convencidos pelos golpistas que afirmaram que não era preciso entender de investimento. E 32% foram induzidos a acreditar que o investimento era de baixo risco. 

Separador de texto - pirâmide financeira.

Como entraram no esquema

De acordo com 43% dos entrevistados, a venda foi realizada por um consultor autônomo que não tinha registro e nem era licenciado. Já 29% deles entraram no esquema através de um parente ou amigo, e 26% por um membro de um grupo ou organização que ele pertence.

Separador de texto - pirâmide financeira.

Como conheceram o esquema

A maioria dos entrevistados (36%) conheceram o esquema principalmente por anúncios na Internet. 34% afirmaram que amigos e parentes indicaram o serviço. Já 16% disseram ter recebido informes por e-mail. Outros 16% tiveram recomendação de uma consultoria/profissional contratado.

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.


Compartilhe com seus amigos
About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil. Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração. Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.