fbpx

Follow us on social

ArbCrypto

Justiça bloqueia imóveis e até R$3 milhões das contas de Cafu e dos sócios da ArbCrypto

Compartilhe com seus amigos

Ex-capitão da Seleção Brasileira é acusado de envolvimento em esquema de pirâmide financeira com criptomoedas.

 

Separador de texto - Bitcoin.

 

O juiz Aureliano Albuquerque Amorim, do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, determinou o bloqueio imediato do site da ArbCrypto, empresa de arbitragem de criptomoedas suspeita de operar uma pirâmide financeira. Além disso, Amorim solicitou o bloqueio de imóveis e de até R$3 milhões nas contas de Alexandre Cesario Kwok e Eneas Tomaz — sócios da companhia —, bem como do ex-capitão da Seleção Brasileira, Marcos Evangelista de Morais. O atleta, conhecido como Cafu, era embaixador da ArbCrypto. 

Separador de texto - Bitcoin.

ArbCrypto 

A ArbCrypto não libera os saques de seus investidores desde agosto de 2019. A empresa prometia lucros de 2,5% ao dia por meio da operação de Bitcoins. 

Com a queda da Fx Trading,outra empresa suspeita de pirâmide financeira, Alex Kwok viu uma oportunidade e lançou a ArbCrypto. Os sócios da plataforma de arbitragem chegaram a pagar Cafu para se tornar embaixador da ArbCrypto.

Em um vídeo publicado pela empresa no Facebook, o ex-capitão da Seleção Brasileira aparece mandando um recado aos clientes: “Cafu na área passando para dar um recadinho para todos vocês, hoje embaixador da ArbCrypto”, declarava.

Separador de texto - Bitcoin.

Processo

A decisão do juiz é resultado de um processo do Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa de Relações de Consumo (IBEDEC/GO) contra os sócios e o embaixador da empresa.

A ação civil coletiva informa que os acusados se uniram para operar uma pirâmide financeira, prometendo ganhos irreais com Bitcoin via cadastramento no site.

O juiz verificou que o site da empresa ainda está funcionando. No entanto, ele constatou que não há mais condições de permitir cadastros. 

Amorim disse que o esquema da ArbCrypto assemelha-se a uma pirâmide financeira, devido às ofertas de vantagens “absurdas” mediante a aplicação de valores. Além disso, o responsável pelo caso destacou que, visto que a negociação de criptomoedas é algo de difícil compreensão para grande parte da população, o mercado é ideal para a operação de pirâmides. 

Separador de texto - Bitcoin.

Decisão

Considerando que os problemas na empresa começaram há alguns meses, o juiz acredita que os valores investidos já foram destinados a outras “paragens”, dificultando a recuperação dos mesmos. No entanto, Amorim observa que existe a necessidade de evitar futuras situações de prejuízo. 

Por conta disso, o juiz determinou o bloqueio imediato do site da ArbCrypto e a paralisação das atividades da empresa. 

Até a solução do feito, também foi solicitado o bloqueio de bens móveis, imóveis e de até R$3.000.000,00 em contas bancárias ou investimentos de Cafu e dos dois sócios da empresa. 

Por fim, Amorim determinou que os réus apresentem uma resposta ao pedido inicial de forma imediata. 

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.


Compartilhe com seus amigos
About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil. Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração. Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.