fbpx

Follow us on social

Grupo Bitcoin Banco

Investidor cria petição solicitando que o Ministério Público investigue o Grupo Bitcoin Banco

Neste domingo (5), um cliente do Grupo Bitcoin Banco (GBB) criou uma petição online solicitando que o Ministério Público investigue a empresa.

As solicitações de saques de investidores estão bloqueadas nas plataformas do grupo desde maio de 2019. 

Separador de texto - Bitcoin.

De acordo com Cláudio Oliveira, CEO do GBB, o problema com os saques foi motivado principalmente por uma fraude no sistema da empresa. Supostamente, diversos clientes teriam explorado uma vulnerabilidade técnica para duplicar seus saldos, resultando em um prejuízo estimado em aproximadamente R$50 milhões.

O empresário fez vários acordos com seus investidores, porém a maioria relata que estes não foram cumpridos. Além disso, outras promessas de pagamentos foram feitas pela empresa publicamente, mas nada se concretizou.

Separador de texto .

“Pedimos ao ministério público que investigue o Grupo Bitcoin Banco […]. A empresa deixou milhares de pessoas em estado precário no Brasil, com promessas de ganhos exorbitantes. Famílias venderam suas casas e veículos para investirem no Grupo Bitcoin Banco, NegocieCoins e TemBTC. O Grupo Bitcoin Banco negou a devolver o dinheiro total investido de seus clientes alegando que houve uma fraude que não foi comprovada”, destacou o cliente na petição.

Separador de texto - Bitcoin.

Na última segunda-feira (30), o GBB protocolou o plano de recuperação judicial para suas empresas. 

De acordo com o documento, os valores serão pagos em até 84 parcelas mensais. A empresa pretende quitar as dívidas com os investidores em 2027.

“Determinado o saldo do credor, se houver, será pago em até 84 parcelas mensais após a data da homologação judicial do PRJ. As parcelas de 1 a 24 serão correspondentes a 20% do saldo remanescente e as parcelas de 25 a 84 serão correspondentes a 80% do saldo remanescente”, destaca o plano.

Separador de texto - Grupo Bitcoin Banco.

Em entrevista exclusiva ao Bitcoin News Brasil, o autor da petição revelou que investiu R$500 mil na empresa, porém disse não ter mais esperanças. 

“Eu não tenho expectativa de receber. Esse plano dessa forma que ele [Cláudio Oliveira] colocou, é uma forma realmente de continuar a segurar um erro”, declarou o entrevistado.

O cliente do Grupo Bitcoin Banco disse que criou a petição com o objetivo de chamar a atenção do Ministério Público. Ele afirmou que pretende ir até o fim, pois espera que a empresa seja “transparente com os fatos ocorridos”. 

“É um pedido de ajuda para que o MP veja a quantidade de pessoas que estão passando por esse caso de dinheiro preso, caso que houve realmente uma enganação por parte da empresa”, declarou.

Separador de texto - Grupo Bitcoin Banco.

O investidor disse ainda que espera que o apelo tenha mais de mil assinaturas.

“Não vai precisar nem de endereço nem documento, é só assinar. Vou fazer uma liminar também, as duas coisas vou mandar para o MP e uma para RJ”, explicou o entrevistado.

Na petição, o cliente do Grupo Bitcoin Banco afirma que todos os investidores precisam dos valores investidos, principalmente agora, devido ao impacto que a pandemia de coronavírus vai causar na economia.

“ […] por conta do coronavírus todos clientes estão precisando de seu dinheiro suado, trabalhado durante uma vida inteira, isso está afetando muitas famílias que estão sem dinheiro por conta dessa empresa chamada Grupo Bitcoin Banco. Por favor, pedimos a ajuda ao Ministério Público do Estado de São Paulo com muita urgência. Faz um ano que o dinheiro está preso nas mãos dessa empresa”, concluiu o investidor.

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.

About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil. Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração. Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.

Post a Comment

You don't have permission to register