fbpx

Follow us on social

Cláudio Oliveira

Grupo Bitcoin Banco entrará com um pedido junto ao Banco Central para tornar o Audax Bank uma fintech

Compartilhe com seus amigos

Cláudio Oliveira informou que vai protocolar o plano de recuperação judicial do GBB, na segunda-feira (30).

 

Separador de texto - Bitcoin.

 

Nesta quarta-feira (25), Cláudio Oliveira informou, em um áudio, que entrará com um pedido junto ao Banco Central para tornar o Audax Bank uma fintech. 

“Vamos entrar com um protocolo, um pedido de autorização de fintech para o Audax Bank”, informou Oliveira. 

O Audax Bank é um antigo conhecido dos clientes do grupo Bitcoin Banco. 

O banco digital que tinha previsão para começar a funcionar no dia 5 de agosto de 2019, era tido por alguns investidores como uma esperança para receberem os valores que estavam bloqueados na empresa. No entanto, no dia de sua inauguração, o GBB alegou problemas internos e o serviço ficou indisponível aos clientes do grupo.

Separador de texto - Bitcoin.

Apesar dos problemas no ano passado, Cláudio Oliveira afirmou que não desistiu do projeto, e afirmou que pretende disponibilizá-lo aos seus clientes para que possam fazer depósitos, saques, pagamentos e até mesmo terem seus próprios cartões.

“Nós estamos com um grupo de advogados que está nos aconselhando, e nós temos nossos meios para poder fazer os pedidos dentro da lei, e dentro do que é adequado para que a gente possa ter o nosso Audax Bank funcionando, para que ele possa estar disponível para os cliente fazerem seus depósitos, seus saques, seus pagamentos e terem seu cartão.”

Separador de texto - Bitcoin.

Get4Bit

No mesmo áudio, Cláudio Oliveira questionou os cliente do grupo se eles gostariam que fossem disponibilizados produtos na Get4Bit, para que pudessem fazer compras utilizando suas criptomoedas.

“Queria saber dos clientes, o que acham da gente disponibilizar novamente produtos com preço normal para que as pessoas [possam] utilizar além de dinheiro a criptomoeda para comprarem o que desejam”, questionou Oliveira.

Separador de texto - GBB.

O dono do GBB acrescentou: “se os clientes gostarem, podem propor o que querem poder comprar na Get4Bit”.

A plataforma Get4Bit foi criada pelo grupo no ano passado como uma estratégia da empresa para quitar parte da dívida milionária com os clientes. No entanto, na época muito investidores afirmaram não terem recebido os produtos solicitados. Já outros, falaram que receberam canecas, camisetas e bandanas para pets. 

Separador de texto - GBB.

Recuperação Judicial 

Cláudio Oliveira afirmou que na segunda-feira (30), o GBB vai entregar o plano de Recuperação Judicial das empresas do grupo. 

Na semana passada, ele afirmou que o GBB vai pagar com correções todos os clientes da empresa que estão desde maio do ano passado sem conseguir retirar dinheiro de suas contas.

“Ninguém vai perder o dinheiro que colocou com a gente”, prometeu.

Separador de texto - GBB.

Além disso, destacou que as plataformas do GBB assumiram o primeiro lugar em volume transacionado de Bitcoin por dia no Brasil, performance que segundo o  grupo é fundamental para a retomada que fundamenta a Recuperação Judicial.

De acordo com o GBB, atualmente as duas plataformas do grupo (TEMBTC e NegocieCoins) possuem um total de 625 Bitcoins em volume, sendo que a TEMBTC tem o volume de 328 BTC (nas últimas 24 horas), e a NegocieCoins 296 BTC.

“Eu quero dizer que eu fico muito orgulhoso que mesmo assim com todo o trabalho, com toda a dificuldade que nós tivemos, hoje o Grupo Bitcoin Banco se torna novamente o primeiro do Brasil em volume, e dentro em breve se Deus quiser estaremos em primeiro de volume no mundo”.

Separador de texto.

Novo sistema de saques das plataformas

Na semana passada, em entrevista exclusiva ao Bitcoin News Brasil, Cláudio Oliveira informou que a partir do dia 29 de março lançará em suas três plataformas (TEMBTC, NegocieCoins e ZaterCapital) um novo sistema que obrigará os investidores a efetuar saques de suas contas toda vez que atingirem 5% de lucro.

Clique aqui para saber mais sobre esse sistema.

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.


Compartilhe com seus amigos
About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil. Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração. Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.