fbpx

Follow us on social

Atlas Quantum

Fonte afirma que Rodrigo Marques, CEO da Atlas Quantum, teria deixado o país com sua família

Compartilhe com seus amigos

Assessoria de imprensa da Atlas diz que CEO continua no Brasil

 

Separador de texto - Atlas Quantum

 

Após meses na esperança de conseguir reaver os valores bloqueados na Atlas Quantum, clientes agora se depararam com uma nova notícia. 

De acordo com fontes de dentro da própria empresa, Rodrigo Marques teria deixado o Brasil e ido para a Holanda junto com sua família.

Segundo a fonte que cedeu as informações ao portal Cointelegraph, após a Audiência Pública que aconteceu na Câmara dos Deputados, Marques demitiu sua equipe de segurança e comprou uma viagem para o dia seguinte com destino a Amsterdã. 

A fonte também informou que a Atlas estava demitindo aos poucos pessoas chaves na equipe, como o Thiago Lavorato Franco, amigo de Rodrigo Marques e um dos únicos que tinha acesso às contas da empresa nas exchanges.

Além disso, a informação é de que  CEO procurou manter apenas algumas pessoas que faziam atendimento com o objetivo de dar a impressão de que tudo estava normal.

O relato é de  que a empresa vem se negando a receber determinações judiciais, a fim de ganhar tempo perante a justiça — quando chegam ofícios via correio, os recepcionistas são instruídos a falar que o local está errado.

 

 

Separador de texto - Atlas Quantum

Passaporte

Mesmo com vários processos judiciais contra a empresa de arbitragem, o passaporte de Rodrigo Marques não estava apreendido. O mesmo tinha direito de viajar caso quisesse, de modo que não poderia ser impedido de deixar o país caso a informação seja confirmada. 

 

Separador de texto - Atlas Quantum

Nota da Atlas Quantum

Nossa equipe entrou em contato com a assessoria de imprensa da empresa,  que informou: “O CEO do Atlas Quantum não deixou o Brasil e continua ativo à frente da gestão da companhia, focado integralmente em buscar soluções para os problemas de curto prazo que a companhia atravessa. O executivo é sensível à preocupação que afeta muitos de seus investidores neste momento e mantém seu compromisso pessoal com a normalização das operações”.

 

Separador de texto

O caso

A Atlas Quantum deixou de pagar solicitações de saques de seus clientes desde que a CVM proibiu a Atlas de ofertar títulos ou contratos de investimento coletivo. 

A empresa afirmou que o atraso nos pagamentos de saques se deu por conta dos bloqueios feitos por  três exchanges de criptomoedas diante dos pedidos de retirada — HitBTC, Gate.io e Poloniex

 “Quando recebemos a notificação da CVM proibindo a realização da oferta pública de arbitragem (13/08/19), desencadeou uma onda de saques em nossa plataforma. Ao notarem o volume atípico das movimentações, as três exchanges que estavam com a documentação em análise bloquearam as solicitações de retiradas.”

 

 


Compartilhe com seus amigos

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.

About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil.Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração.Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.