fbpx

Follow us on social

Bitcoin Banco

“Estou fazendo uma refeição por dia”, diz cliente do Bitcoin Banco durante manifestação realizada nesta quinta-feira

Compartilhe com seus amigos

 

GBB solicitou presença da PM para acabar com a manifestação.

 

Separador de texto - Bitcoin.

 

Investidores do Mato Grosso, Pará e São Paulo vieram a Curitiba para protestar em frente à sede do Grupo Bitcoin Banco

Segurando cartazes com diversas frases, os clientes da plataforma pedem que a empresa libere o dinheiro que bloqueou de milhares de pessoas desde maio deste ano.

Conversamos com alguns investidores que já tentaram várias maneiras de reaver os valores aplicados no GBB, mas não tiveram sucesso. 

“Eu estou há cinco meses tentando, em uma lista de espera para receber que não existe e não sai do lugar”, afirmou um deles.

Separador de texto - Bitcoin.

A última esperança de vários investidores foi no dia 8 de setembro, quando o Bitcoin Banco anunciou que seria possível solicitar saques por meio da NegocieCoins Pro

De acordo com a empresa, todos os clientes migrados para  a plataforma teriam direito a sacar até R$5 mil e 1 BTC por mês — respeitando uma cota de 0,25 BTC por semana.

Na época, quando nossa equipe questionou a empresa sobre o prazo para efetuar os saques atrasados, a assessoria do grupo afirmou: “É um processo evolutivo, mas já existe fluxo.’’

Separador de texto

Durante o protesto na manhã desta quinta-feira (24), funcionários do GBB chegaram a solicitar viaturas da Polícia Militar para impedir que a manifestação continuasse. No entanto, o direito de se manifestar prevaleceu e os clientes do Bitcoin Banco continuaram pedindo pela liberação dos saques, gritando palavras de ordem como “queremos nosso dinheiro, queremos nosso dinheiro.”

Um dos investidores que veio do Pará, há 36 dias, chegou a receber R$1 mil de Cláudio Oliveira, dono do GBB, pois estava prestes a desmaiar de fome em frente ao prédio comercial que abriga a empresa. Mesmo assim, o cliente não conseguir receber seu dinheiro.

Cansados de tanto esperar e com dívidas acumulando, os investidores já não têm mais expectativa — nem saúde — para aguardar o pagamento até 2020, prazo previsto por Oliveira.

Outro cliente do Bitcoin Banco, entrevistado na reportagem, está há 22 dias na cidade esperando por alguma resposta. Enquanto isso, pelo alto custo para se manter em Curitiba, o investidor faz apenas uma refeição por dia. 

Perguntamos se ele ainda tem alguma esperança de reaver o dinheiro. Com a voz embargada pelo choro, ele respondeu que “Muito pouco, muito pouco, praticamente nada’’. 

Separador de texto

Nota oficial do GBB

Questionamos o Grupo Bitcoin Banco se existe uma nova previsão para que saques sejam liberados, bem como o motivo pelo qual os investidores não estão recebendo dinheiro pela plataforma NegocieCoins Pro. 

A assessoria de imprensa da empresa informou que casos específicos de pagamentos não serão comentados, pois foi definido um atendimento padrão para todos os clientes.

Sobre a plataforma NegocieCoins Pro, a assessoria ressaltou:

“Como comunicado anteriormente, está sendo realizado um processo de revalidação de cadastros, condição essencial para a migração de saldos para a NegocieCoins Pro.”

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.


Compartilhe com seus amigos
About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil.Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração.Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.