fbpx

Follow us on social

Unick Forex

Com bens bloqueados, defesa de diretor da Unick Forex afirma que a fiança determinada pela justiça é “constrangimento ilegal”

Compartilhe com seus amigos

Os advogados dos acusados acreditam que o valor solicitado de R$200 mil é uma obstrução à liberdade dos réus, visto que seus bens estão apreendidos. 

 

Separador de texto - Bitcoin.

 

 

Na última quarta-feira (12), os advogados de Danter Navar da Silva, diretor de marketing da Unick Forex, e Marcos da Silva Kronhardt, operador de investimentos, solicitaram a superação da Súmula n 691 do STF. A alegação é de que o valor de fiança dos acusados determinado pela justiça é “flagrantemente ilegal”, visto que os réus não possuem capital disponível devido aos bloqueios de seus bens.

Separador de texto - Bitcoin.

Os advogados de defesa, Nelson Wilians Fratoni Rodrigues e Fábio da Costa Vilar, afirmam que os réus são vítimas de constrangimento ilegal em razão da decisão proferida pelo Desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Este indeferiu o pedido de habeas corpus que pretendia a redução da fiança estipulada em R$200 mil.

“Deve o magistrado atentar para o fato de que a fiança não pode […] configurar um impeditivo completo ao livramento mediante imposição de 

quantia demasiadamente elevada”, afirmam Rodrigues e Vilar.

Os advogados alegaram, ainda, que a decisão de indeferir o pedido de redução do valor da fiança não cabe ao Magistrado de primeiro grau. Por esse motivo, a defesa entrou com um recurso no STJ, que foi indeferido pelo Ministro Rogério Schietti Cruz.

Separador de texto - Bitcoin.

Na decisão do último dia 13, o Ministro manteve o valor da fiança em R$200 mil sob o argumento de que os bens apreendidos dos acusados não impedem o pagamento, já que os réus possuem patrimônios em nome de terceiros e valores no exterior. 

“Como se observa, a decisão combatida apresentou considerável motivação para que fosse mantida a fiança arbitrada. É bom rememorar que o caso retrata supostos de crimes praticados por organização criminosa sofisticada, a partir da captação de valores no mercado Forex (foreign exchange) e negociações com criptomoedas, com o suposto envolvimento de diversas pessoas físicas e empresas, algumas delas indicadas na denúncia. Tais circunstâncias, que denotam o elevado poder econômico da organização, afastam, em princípio, a alegação de que a fiança arbitrada seria elevada”. deliberou o Ministro Rogério Schietti Cruz ao recusar o pedido de habeas corpus dos acusados.

Separador de texto - Bitcoin.

Habeas corpus do presidente da Unick Forex

Na semana passada, a Ministra Carmém Lúcia também negou o pedido de habeas corpus de Leidimar Lopes, presidente da Unick Forex. De acordo com ela, a prisão mostra-se necessária para garantir a ordem pública e impedir a continuidade das práticas ilícitas da empresa.

A ministra destacou que os réus são acusados de: “crimes contra o sistema financeiro nacional, lavagem de dinheiro, fraudes variadas em balanços contábeis, falsidade ideológica, evasão de divisas, captação e intermediação irregular de valores de terceiros, obtenção de informações sigilosas sem autorização, ameaça, dentre outros.”

Separador de texto - Bitcoin.

Operação Lamanai

A Unick Forex foi alvo da Operação Lamanai, deflagrada em outubro de 2019, na qual a empresa foi acusada de operar uma pirâmide financeira. Na época, a Polícia Federal prendeu 13 pessoas ligadas à Unick, dentre elas Leidimar Lopes, presidente da companhia, e Fernando Lusvarghi, responsável pelo setor jurídico e dono da SA Capital.

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.


Compartilhe com seus amigos
About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil. Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração. Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.