fbpx

Follow us on social

Blockmaster

Blockmaster discutiu o cenário atual e as tendências do mercado brasileiro de criptomoedas e blockchain

Compartilhe com seus amigos

 

Golpes e pirâmides financeiras foram os assuntos de destaque.

 

Separador de texto - Bitcoin.

 

Curitiba recebeu na última terça-feira (15) o Master Seminars, promovido pela Blockmaster. A edição, que acontece anualmente em várias capitais no Brasil, teve como principal objetivo levar conhecimento e networking para quem se interessa pelo mercado de criptomoedas e blockchain.

Conversamos com o criador e diretor executivo da Blockmaster, Rubens Neistein, que enfatizou que busca mostrar que as tecnologias em questão são  positivas e oferecem benefícios para várias áreas do mercado financeiro.

Foram 4 horas de palestras com empreendedores e especialistas do meio, que abordaram como funciona a mineração e a tecnologia blockchain, as diferenças entre moeda fiduciária e criptomoeda, bem como as vantagens da Blockchain Corda para o mundo corporativo.

Separador de texto - Bitcoin.

Pirâmides financeiras

O assunto que mais repercutiu no Blockmaster foi relacionado diretamente ao cenário atual do mercado brasileiro: casos de golpes e pirâmides financeiras, que nos últimos 5 anos já arrecadaram mais de R$10 bilhões.

Rudá Pellini, especialista em criptomoedas e cofundador da Wise & Trust, explicou que um dos motivos pelos quais casos de pirâmides com criptoativos têm aumentado é a falta de conhecimento sobre o assunto, por exemplo. 

“Bitcoin é difícil de explicar, as pessoas não entendem. É lógico que é muito mais fácil de enganar”, afirmou.

Segundo Pellini, aproveitando-se de ganância, pensamento a curto prazo e desejo por dinheiro fácil por parte dos investidores, os golpistas prometem lucros altos e até mesmo rendimentos diários. O desfecho, no entanto, é sempre o mesmo: os investidores não veem o retorno dos valores investidos. 

“Essas contas simples, que não fecham nunca, são coisas fáceis para as pessoas identificarem e se protegerem.”

Separador de texto - Blockmaster

Impacto no mercado de criptomoedas

Esses acontecimentos dão uma impressão errada para pessoas que não conhecem o mercado de criptomoedas, fato que impacta diretamente na adoção dessas novas tecnologias.

Anderson Nery, diretor executivo da Wuzu, alertou durante sua palestra que é preciso desconfiar quando empresas oferecerem rentabilidades altas para possíveis clientes. Para ele, o principal formato de pirâmide neste mercado é este tipo de promessa por meio da arbitragem, que dificilmente é capaz de entregar tamanhos lucros no Brasil por conta de sua baixa liquidez. 

Nery destacou algumas desculpas que são utilizadas para esses casos, como atrasos por falta de KYC ou por grande número de solicitações de saques, bem como supostas perdas de recursos por conta de ataques de hackers.

Separador de texto - Blockmaster

O que fazer para fugir de pirâmides?

Por fim, o especialista listou algumas práticas para inibir golpes com criptomoedas, como:

– Denunciar à CVM sempre que receber uma oferta de empresas como essas;

– Optar pelas exchanges mais conhecidas e que ofereçam integração com bancos digitais;

– Não aceitar transferências para contas bancárias de empresas Ltda;

– Pesquisar sobre sócios e equipes dos projetos.

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.


Compartilhe com seus amigos
About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil.Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração.Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.