fbpx

Follow us on social

Atlas Quantum emite novo comunicado, mas não se pronuncia sobre vídeo falso

Compartilhe com seus amigos

Corretoras Gate.io e HitBTC afirmaram em nota que as informações foram forjadas.

Após a Atlas Quantum afirmar que os atrasos nos saques em sua plataforma devem-se a bloqueios de seus fundos nas exchanges Gate.io, HitBTC e Poloniex, as duas primeiras negaram a informação. 

Em um comunicado oficial publicado no dia 18 de setembro, a empresa brasileira de arbitragem publicou um vídeo mostrando que suas contas foram bloqueadas nas três corretoras.

No entanto, a HitBTC e a Gate.io afirmaram, nesta semana, que esses trechos do vídeo são forjados. 

 

Ambas declararam que não há, em suas respectivas plataformas, contas bloqueadas com saldos iguais ou semelhantes àqueles filmados, assim como não receberam pedido algum de suporte pela equipe da Altas.

 

Na noite desta quinta-feira (3), a Atlas publicou um novo comunicado em seu blog, mas não prestou qualquer esclarecimento a respeito do assunto. 

A nota tratou apenas da natureza do problema e atualização do progresso da solução, reforçando que a razão para o bloqueio de seus fundos fora a insuficiência de suas ferramentas de Know-Your-Customer (KYC, em português, “conheça seu cliente”), Know-Your-Transaction (KYT, ou “conheça suas transações”) e Anti-Money Laudering (AML, ou “anti-lavagem de dinheiro”).

O comunicado oficial informa que a empresa contratou três ferramentas para ajudar a resolver a questão: ONFIDO, Emailage e ChainAnalysis. No entanto, supostas demoras, falhas de comunicação e até mesmo má-fé dos gestores das plataformas estariam atrapalhando o processo.

O texto, assinado por Rodrigo Marques, CEO da empresa, finaliza indicando que, apesar dos atrasos, os saques estão sendo processados em volumes menores.

Desde quarta-feira (2), data em que a HitBTC falou pela primeira vez sobre o assunto no Twitter, nossa equipe entrou em contato com a assessoria de imprensa da Atlas Quantum solicitando um posicionamento a respeito do vídeo. No entanto, a empresa não quis se pronunciar e alegou nesta sexta-feira (4) que todas as informações disponíveis estão no último comunicado.

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.


Compartilhe com seus amigos
About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil.Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração.Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.