fbpx

Follow us on social

Bitcoin

Preço do Bitcoin despenca mais de 10% em 24 horas e chega a US$7.825

Queda do valor da moeda acompanha mercados globais.

 

Separador de texto - Bitcoin.

 

O Bitcoin iniciou a semana sendo negociado abaixo dos US$8 mil, um valor que não era visto desde o dia 10 de janeiro de 2020. Nas últimas 24 horas, a cotação da principal criptomoeda por valor de mercado registrou uma queda de mais de 10%, indo de US$8.705 para US$7.825 às 9h30 desta segunda-feira (9). 

A correção abrupta no preço da moeda ocorre em meio a fortes perdas nas bolsas de valores do mundo inteiro, acompanhada pela queda no preço do petróleo à medida em que aumentam as preocupações dos investidores acerca do impacto econômico causado pelo coronavírus

Separador de texto - Bitcoin.

No entanto, não é apenas o medo da epidemia que pode ter resultado na forte queda do preço do BTC.
No último sábado (7), golpistas que controlavam as carteiras restantes do esquema de pirâmide PlusToken movimentaram 13 mil Bitcoins, o equivalente a cerca de US$101 milhões, para os chamados misturadores de BTC.

Separador de texto - Bitcoin.

Os criminosos liquidaram seus Bitcoins roubados desde agosto do ano passado. 

“O preço do produto [Bitcoin] está sendo afetado pela oferta do PlusToken sendo lançada no mercado aberto”, afirmou o trader Kevin Svenson em seu Twitter.

 

 

A recente atividade também foi comentada pela Ergo Research, que notou 

“13k em novos depósitos do misturador PlusToken nas últimas 24 horas.”

Separador de texto - Bitcoin.

Outros fatores

O preço dos contratos do petróleo é outro fator que está impactando nos mercados globais.
Nesta segunda-feira (9), após a Arábia Saudita cortar o valor de venda do barril e indicar o início de uma guerra de preços entre os grandes produtores, o preço dos contratos do petróleo recuou cerca de 20%.

Separador de texto - Bitcoin.

Na abertura dos negócios no mercado asiático, ainda na noite deste domingo (8), o preço do petróleo do tipo Brent recuou 31%, sendo o maior tombo desde a Guerra do Golfo entre 1990 e 1991.

A decisão da Arábia Saudita se deu por conta do fracasso das negociações entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e a Rússia sobre o volume da produção da commodity.

Separador de texto - Bitcoin.

Adriano Pires, sócio fundador do Centro Brasileiro de Infraestrutura, disse ao G1 que o avanço do coronavírus trouxe pânico para o mercado de petróleo. 

“O preço do petróleo nesse patamar deve provocar um estrago nas economias. O tamanho desse estrago vai depender de por quanto tempo os preços ficarão nesse patamar.”

Separador de texto - Bitcoin.

Bolsas de valores 

As bolsas de valores do mundo inteiro também estão sendo fortemente afetadas. O principal índice da bolsa de valores brasileira abriu em forte queda nesta segunda-feira (9).
Às 10h46, o Ibovespa caia 9,93%, chegando a 88.270 pontos.

 

Ibovespa

 

Antes da abertura do pregão, o contrato futuro do Ibovespa, com vencimento para abril, chegou a afundar 9,32%, registrando 88.760 pontos, de acordo com a Reuters. 

Na sexta-feira (6), o Ibovespa fechou em queda de 4,14%, a 97.966 pontos, marcando o menor fechamento desde 27 de agosto de 2019.

Separador de texto - Bitcoin.

Na Europa, as principais bolsas de valores também operam com uma queda em torno de 7%, acumulando uma perda de aproximadamente 20% no mês de março.

As principais bolsas da Ásia também registraram grandes perdas nesta segunda-feira.

Separador de texto - Bitcoin.

Com a disparada da cotação do iene, a bolsa de Tóquio foi especialmente afetada: o índice Nikkei registrou queda de 5,07%, indo a 19.698 pontos, situação que não acontecia desde fevereiro de 2018.

Os mercados chineses também operaram em queda. O índice Hang Seng, de Hong Kong, recuou quase 3,7%. A bolsa de Shenzhen caiu mais de 2,86%, enquanto a perda de Xangai foi de mais de 3%.

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.

About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil. Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração. Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.

Post a Comment

You don't have permission to register