fbpx

Follow us on social

criptomoedas

Nassim Taleb, famoso analista de risco, pede o uso de criptomoedas

Compartilhe com seus amigos

Com o sistema bancário em colapso em alguns países do mundo, o uso de criptomoedas tem se tornado a melhor alternativa.

 

Separador de texto - Bitcoin.

 

Nassim Nicholas Taleb, analista de risco e autor do livro “Cisne Negro”, instou os libaneses a utilizarem criptomoedas à medida em que os bancos do Líbano estão impondo controles cada vez mais rígidos em meio a uma crise financeira profunda.

O autor líbano-americano pediu em seu Twitter: “Use criptomoedas!”. Sua mensagem foi uma resposta a uma publicação informando que o Banco do Líbano está ordenando que as remessas de moedas estrangeiras sejam pagas na moeda local.

 

 

Taleb teve apoio imediato de seus seguidores. Um deles disse: “Bitcoin é o melhor. Bastante liquidez e opções de privacidade.”

Separador de texto - Bitcoin.

Crise econômica

A crise financeira do Líbano é anterior às consequências econômicas causadas pela pandemia de coronavírus. Desde o ano passado, diversos protestos foram registrados no país.

Grande parte da crise do Líbano ocorre devido a uma desaceleração do fluxo de capitais que levou à escassez do dólar, enfraquecendo a moeda local.

Nesta quinta-feira (16), o banco central libanês ordenou que as remessas ao exterior fossem pagas na moeda local, como medida para evitar uma corrida bancária. 

Separador de texto - Bitcoin.

Restrições

Em 2019, o  governo do Líbano impôs diversas medidas à população, como o limite de retirada de dinheiro dos bancos e quantidade de transferências, o aumento das taxas para saques em agências, o bloqueio na maioria das transferências para fora do país e a restrição na retenção de dinheiro em dólares para quem viajar para o exterior.

O resultado dessas restrições foi imediato: funcionários dos bancos foram ameaçados e correntistas ficaram extremamente irritados por não poder acessar seus fundos.

Separador de texto - criptomoedas.

Apoio as criptomoedas

Taleb já manifestou apoio ao uso de criptomoedas antes. Em dezembro, durante a Conclave Econômico da Times Networks 2019 na Índia, o analista de risco disse que pessoas de alguns países, como o Líbano, perderam a fé nos governos e nos sistemas bancários.

O autor de vários best sellers declarou que o Líbano estava controlando de maneira artificial a moeda local, bem como afirmou que esse é um ponto positivo do Bitcoin, visto que o ativo não é controlado por nenhum governo ou instituição. Segundo Taleb, “a moeda sem governo é ótima”.

Separador de texto - criptomoedas.

Bancos de outros países em colapso

O sistema bancário do Líbano não é o único que está em apuros. No dia 6 de março, o quarto maior banco da Índia, Yes Bank, entrou em colapso. A situação prejudicou a confiança da população no sistema bancário, bem como fez com que o Reserve Bank Of India assumisse o controle da instituição financeira.

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.


Compartilhe com seus amigos
About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil. Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração. Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.