fbpx

Follow us on social

Banco Central da China - PBOC

Banco Central da China anuncia que o comércio de criptomoedas continuará proibido; preço do Bitcoin despenca

Compartilhe com seus amigos

O Banco Central da China (PBOC) publicou um comunicado nesta sexta-feira (22) anunciando que reprimirá o comércio de criptomoedas. 

De acordo com a instituição, foi observado um ressurgimento de especulações relacionadas a criptomoedas por meio de ICOs, IEOs, STOs e outros métodos de financiamento de tokens e de distribuição de capital.

O comunicado acrescentou que a venda de Bitcoin, Ethereum e outras criptomoedas continuam sendo ilegais, e que crimes com moedas virtuais perturbaram seriamente a ordem econômica e financeira da sociedade.

 

 

O PBOC disse, ainda, que está monitorando as atividades com criptoativos dentro do país. Caso descubra alguma negociação com moedas virtuais, a empresa responsável será banida imediatamente. 

A publicação alerta a população sobre os riscos de negociar criptomoedas e enfatiza que os investidores devem ter cuidado para não misturar a tecnologia blockchain com a moeda virtual.

Separador de texto - Bitcoin.

Desenvolvimento da blockchain

O posicionamento do PBOC  é uma resposta ao aumento de negociações com criptomoedas registrado depois que o presidente da China, Xi Jinping, pediu um comunicado que o país acelerasse o desenvolvimento da tecnologia blockchain.

Separador de texto - Bitcoin.

“Bitcoin: a primeira aplicação bem-sucedida da tecnologia blockchain” 

No dia 11 deste mês, o jornal estatal chinês Xinhua publicou em sua primeira página um artigo intitulado “Bitcoin: a primeira aplicação bem-sucedida da tecnologia blockchain”.

A matéria explicou para milhões de pessoas o que é Bitcoin, seu processo de mineração e a maneira que a tecnologia blockchain funciona, citando os prós e contras da criptomoeda.

Apesar da manchete da reportagem parecer positiva, o artigo enfatiza pontos negativos como a volatilidade da moeda, o alto consumo de energia utilizado na mineração e o uso de moedas virtuais para práticas ilegais. 

Separador de texto - Bitcoin.

Bitcoin

Não é possível afirmar que o anúncio do PBOC foi o que ocasionou a queda de mais de 10% no preço do Bitcoin nas últimas 24h, mas o sentimento é que, de alguma maneira, esse comunicado impactou o mercado.

De acordo com o site CoinMarketCap, na quinta-feira (21) o Bitcoin chegou a ser negociado a US$8.110. Já nesta sexta-feira, até o momento desta publicação, a criptomoeda apresentou uma mínima de US$7.100, registrando mais de mil dólares de queda. 

 

Banco Central da China - PBOC

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.


Compartilhe com seus amigos
About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil.Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração.Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.