fbpx

Follow us on social

Venezuela - Petro

Governo venezuelano doará criptomoedas a seus médicos como forma de agradecimento

O governo da Venezuela anunciou que doará uma unidade de Petro, criptomoeda venezuelana, a cada um de seus médicos por meio da Plataforma Pátria. Este será um gesto de agradecimento pelo apoio que os profissionais da saúde estão oferecendo em meio à pandemia de coronavírus. 

 

 

A Plataforma Pátria que também permite a troca de criptomoedas sob as diretrizes da Superintendência Nacional de Criptomoedas da Venezuela (SUNACRIP) foi criada pelo governo venezuelano para distribuir pagamentos, bônus e ajudas. Seu propósito é dispensar a necessidade de recorrer ao sistema bancário. 

As doações de bônus e a distribuição dinheiro à população também foram adotadas por outros países neste momento de crise. Reino Unido, Estados Unidos, Brasil, China, Argentina e Colômbia, por exemplo, praticam políticas semelhantes às do presidente venezuelano. 

Separador de texto - Venezuela - Petro.

Além do bônus especial aos médicos, Maduro ofereceu benefícios aos venezuelanos que não podem trabalhar devido à quarentena. Os bônus “Fique em Casa” e “Disciplina e Solidariedade” foram distribuídos no final de março. No entanto, ao invés do pagamento ser realizado com a criptomoeda Petro, o governo optou pela moeda fiduciária.

Separador de texto - Bitcoin.

Quanto vale um Petro

De acordo com o site oficial do governo venezuelano, uma unidade da Petro equivale a 4989701.22 bolívares, correspondentes a aproximadamente R$311,92. 

No entanto, no mercado secundário autorizado pela SUNACRIP, a realidade do valor do Petro é bem diferente. Na Amberes, corretora de criptomoedas mais popular entre os comerciantes venezuelanos, o bônus poderia ser resgatado por cerca de R$95,29.

Separador de texto - Venezuela - Petro.

A Petro é uma criptomoeda lastreada no petróleo, criada pelo atual governo venezuelano na tentativa de reverter a crise econômica que o país enfrenta.

Um dos fatores que agravaram consideravelmente esse cenário foram as sanções impostas pelos Estados Unidos contra o regime de Nicolás Maduro, as quais resultaram em um isolamento da Venezuela em relação ao sistema financeiro global.

Embora os EUA tenham banido a criptomoeda estatal da Venezuela, bem como ameaçado companhias e países que negociem com ela por meio de sanções, Maduro alega que várias empresas internacionais negociam com empresas venezuelanas utilizando a Petro. 

 

 

Cadastre seu e-mail para receber notícias e novidades em primeira mão.

Gostou desse artigo? Seja o primeiro a ver outros conteúdos como esse.

About The Author

Somos a vanguarda da informação sobre Bitcoin e altcoins no Brasil. Desde 2013, fazemos iniciantes entenderem o que é criptomoeda e como funciona a blockchain e ajudamos especialistas a tomar decisões de investimento por meio de conteúdo original e notícias relevantes sobre as diferentes moedas digitais. Para isso, tornamos o conhecimento acessível em artigos, tutoriais, vídeos, podcasts e newsletters. Neles, informamos diariamente o valor do Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Litecoin ou outros ativos, acompanhamos a movimentação do mercado de Bitcoin e seus efeitos sobre outras criptomoedas, avaliamos exchanges, moedas e outros projetos, trazemos especialistas para explicar conceitos e acontecimentos, e ensinamos desde operações básicas, como comprar Bitcoin, até mais complexas, como montar uma máquina de mineração. Se você quer ser o primeiro a saber disso tudo, acompanhe nossas redes sociais.

Post a Comment

You don't have permission to register